Sexta, 01 Outubro 2021 12:03

FIOCRUZ DIVULGA ESTUDO SOBRE A PRESENÇA

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a prefeitura de Niterói, iniciaram um estudo para verificar a presença de materiais genéticos do novo Covid-19 em amostras do sistema de esgoto da cidade. 

Considerando que evidências científicas recentes mostram que o novo Coronavírus é excretado em fezes, o projeto utiliza análises de amostras de esgotos como um instrumento de vigilância. Isso permite identificar regiões com a presença de casos da doença, mesmo que ainda não tenham sido notificados casos no sistema de saúde.]

Os resultados iniciais, inéditos no Brasil, evidenciam a eficácia da metodologia na ampliação da vigilância de propagação da Covid-19. Na primeira semana, foi possível detectar material genético em amostras de esgotos em 5 dos 12 pontos de coleta. As amostras da segunda e terceira semana estão em fase de processamento.

De acordo com o secretário municipal da Prefeitura de Niterói, esses estudos têm contribuído grandemente para o fortalecimento das estratégias de saúde no enfrentamento da pandemia.

Política de Privacidade e Cookies

Nós utilizamos cookies para otimizar e aprimorar sua navegação do site, manter uma melhoria contínua no conteúdo oferecido e aperfeiçoar a experiência de nossos usuários. Clique em aceitar ou continue navegando para concordar com tais condições.

Você não tem conta ainda? Registrar Agora!

Faça Login em sua conta